Brasil reúne 22 instituições no maior consórcio já feito para pesquisar cana

Um consórcio de pesquisa para a cana-de-açúcar e culturas ligadas ao mercado de energias renováveis vai reunir cientistas de 22 instituições públicas: o Programa Plurianual Integrado de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I) em Cana-de-açúcar (Pluricana). 

Liderado pela Embrapa, é o maior consórcio já criado para o estudo científico da cana. As ações vão desde a introdução e quarentena de plantas até melhoramento genético convencional e assistido, passando por sistemas de produção e biologia avançada.

O programa irá buscar soluções para a cogeração de energia com culturas como Arundo donax (cana-gigante), capim-elefante, casca de coco-verde e sorgo sacarino. 

Saiba mais: Embrapa Agroenergia
Foto: Maria Goreti Braga dos Santos

Postagens mais visitadas