Consumo de água em frigoríficos de pescado pode cair até 50%

EMBRAPA - Uma pesquisa da Embrapa e parceiros públicos e privados mediu o uso da água em diferentes indústrias de processamento de pescado do País. O trabalho mostrou ser possível reduzir significativamente a quantidade de água utilizada com mudanças físicas e adoção de medidas de minimização desse consumo. Em uma das indústrias destinada ao processamento da tilápia, o consumo hídrico caiu quase pela metade.

“Nos entrepostos que apresentam a etapa de depuração previamente ao processamento, é possível a redução do uso de água fresca em grande percentual”, explica Danielle de Bem Luiz, engenheira de alimentos da Embrapa Pesca e Aquicultura (TO) e coordenadora da pesquisa. A especialista ressalta, no entanto, que esse resultado não ocorre em todas as empresas, como é o caso das que processam peixes oriundos da pesca, por exemplo. “Nesses casos, mesmo que em menor proporção, a redução ainda pode ser significativa de, no mínimo, 10%”, informa.

Foto: Jefferson Christofoletti/Embrapa

Postagens mais visitadas