Novacki negocia ampliação do mercado do Japão para o agronegócio brasileiro

O secretário-executivo do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Eumar Novacki, se reuniu com autoridades do governo do Japão, esta semana, em Tóquio, para tratar de assuntos de interesse do agronegócio brasileiro.

Com a vice-ministra da Saúde, Trabalho e Bem-Estar do Japão, Noriko Furuya, e com o vice-ministro da Agricultura, Floresta e Pesca para Assuntos Internacionais, Hiromichi Matsushima, ele deu andamento às negociações para abrir aquele mercado à carne termoprocessada do Brasil, ampliar as exportações de frutas e reduzir tarifas de alguns produtos, como o café. Os japoneses querem vender carne bovina da raça Wagyu para o Brasil.

Novacki também estabeleceu parceria entre o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) e a Agência Japonesa de Meteorologia, uma das mais avançadas do mundo. O objetivo é qualificar ainda mais o Inmet – órgão do Mapa –, a fim que possa prestar serviços meteorológicos capazes de contribuir com os produtores brasileiros na tomada de decisões na atividade agropecuária.

Foto: Divulgação/Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento

Leia também