Agronegócio brasileiro participa da maior feira de alimentos e bebidas especiais dos EUA

Com o objetivo de fazer negócios com o mercado norte-americano, empresas brasileiras do setor de alimentos e bebidas participarão da missão comercial que visitará a Summer Fancy Food Show, de domingo (28) a terça-feira (30), em Nova York. A feira é voltada para o segmento specialty food(produtos inovadores e diferenciados, como os gourmets, certificados e orgânicos).  
O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) – em parceria com o Ministério das Relações Exteriores (MRE) e apoio da Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) – colocará à disposição dos empresários o Pavilhão do Brasil.
Quarenta e três empresas brasileiras do setor alimentício e de bebidas (vinhos, cachaça, arroz, sobremesas, produtos apícolas, molhos, massas etc) já confirmaram participação no espaço destinado a promover as marcas nacionais.

Os Estados Unidos são o segundo maior importador mundial de produtos agrícolas e o terceiro principal destino das exportações agrícolas brasileiras. 
Em 2014, os EUA importaram cerca de US$ 7 bilhões em produtos agropecuários brasileiros. O segmento specialty food é um dos mais dinâmicos no mercado norte-americano, com crescimento superior à média total do setor.
EstruturaEm uma área de 297m², o Pavilhão do Brasil disponibilizará aos expositores espaços individuais, com estrutura completa, além de catálogo institucional e apoio de recepcionistas bilíngues.
Considerada uma das principais portas de entrada para o mercado norte-americano de alimentos, bebidas e hotelaria, a feira reuniu, em 2014, mais de 2.700 expositores de 49 países.
As categorias do segmento specialty food com maior volume de vendas em 2014 foram chocolate, azeite de oliva e outros óleos especiais, queijos, café, snacks salgados, sorvetes e sobremesas congeladas, carnes e frutos do mar, bebidas não alcoólicas, pães e produtos de panificação e chás.
ConsultoriaA Apex-Brasil apoiará os expositores brasileiros por meio de agendamento de reuniões, no estande de cada empresa, com potenciais compradores.
Na fase preparatória ao evento, a Apex-Brasil realizou reuniões online para orientação. Os encontros foram conduzidos por uma empresa de consultoria especializada no mercado americano despecialty food.
As reuniões serviram para capacitar os empresários brasileiros sobre o mercado, de acordo com os seguintes temas: validação do perfil da empresa; apresentação das especificidades do mercado nos EUA; características específicas para o segmento da empresa; cadeia de distribuição; características do consumidor; formação de preço; potenciais parceiros para desenvolvimento do negócio e consolidação no mercado norte-americano.
Foto: Ministério da Agricultura

Postagens mais visitadas