Pesquisa desenvolve arroz para silagem e etanol

A Embrapa está desenvolvendo um novo tipo de arroz, caracterizado por ter grãos – e, consequentemente, produtividade – com o dobro do tamanho da média. 

Apelidada de "gigante" e registrada com AB 11047, a nova linhagem vai atender dois nichos específicos: alimentação animal e produção de etanol. 

Em fases finais de testes pela Embrapa Clima Temperado (Pelotas/RS), a novidade foi apresentada na vitrine tecnológica da Abertura Oficial da Colheita do Arroz, um dos principais eventos do setor arrozeiro nacional, este ano realizado em Restinga Sêca/RS entre 22 e 25 de fevereiro.

A linhagem está em fase de ensaios de Valor de Cultivo e Uso (VCU) e deverá chegar ao mercado na safra 2013/2014. A expectativa é de que o produto atenda a uma demanda por cultivares específicas para a produção de álcool e para a alimentação animal – seja ração, que seria feita do grão, ou silagem, originada da planta inteira do arroz.

O arroz tem apresentado nos testes um potencial produtivo de 14 toneladas por hectare – a média nacional fica em 7,5 t/ha. Outro fator favorável é o alto teor de amido da linahgem, o que garantirá um maior poder nutritivo para os animais e mais energia para a geração de etanol.

Fonte: Bruno Zamora/Embrapa Clima Temperado
Foto: Paulo Palma Beraldo/De Olho no Campo

Postagens mais visitadas