Massey Ferguson divulga vencedores do 13º Prêmio de Jornalismo

Vencedores foram revelados em almoço realizado na fábrica da marca, em Canoas (RS). 

O 13º Prêmio de Jornalismo – concurso cultural realizado pela Massey Ferguson, líder na venda de tratores há mais de 50 anos no Brasil – anunciou nesta quarta-feira (03/09), os vencedores desta edição.

A classificação foi anunciada em um almoço, oferecido a convidados na sede da fábrica Massey Ferguson, em Canoas (RS), em paralelo à programação da Expointer - considerada a maior feira de agronegócio da América Latina.

A vencedora da categoria América do Sul, Paloma Díaz Abásolo (Chile), ganhou uma viagem para o Rio de Janeiro (RJ), com um acompanhante. A categoria Estudante revelou Paulo Palma Beraldo (SP) que levou para casa R$ 5 mil. 

Paulo, que criou o site De Olho no Campo em janeiro de 2014, concorreu na categoria Estudantes e ficou com a primeira colocação. A reportagem chamada "Uso consciente da água é tendência na agricultura irrigada" foi publicada no WebJornal da Unesp e no De Olho no Campo. As outras duas concorrentes, Paola Rebelo e Gabriela Fritsch, ficaram em segundo e terceiro lugar, respectivamente. 

Conquistaram o primeiro lugar, recebendo R$ 10 mil, cada um: Edimar Soares (CE), em Fotografia; Mauro Zanatta (DF), em Jornal; Carol Macário (SC), em Multimídia; Ariosto Mesquita (MS), em Revista; e Cesar Dassie (SP), em TV. Em todas as categorias, o segundo colocado ganhou com um tablet e o terceiro, uma câmera fotográfica. 

Para escolha dos finalistas, distribuídos em sete categorias, os jurados priorizaram aspectos como relevância e inovação dos temas para o setor, além da originalidade, didática e amplitude da abordagem dada, sem deixar de considerar a apresentação e a forma de edição/ilustração dos dados.

Em 2014, o Prêmio de Jornalismo teve um crescimento de 61% em relação às inscrições da última edição. São Paulo (31%), Rio Grande do Sul (18%) e Paraná (11%) foram os Estados com maior participação. As categorias mais concorridas foram Revista (21%), Jornal (20%) e TV (18%), com considerável colocação de Multimídia (13%).

A categoria América do Sul, citada no discurso de Alfredo Jobke, diretor de marketing AGCO América do Sul, ampliou a abrangência da antecessora Mercosul, e representou 11% do total de trabalhos recebidos nesta edição. O prêmio recebeu inscrições de seis países, além do Brasil, sendo Argentina, Chile, Colômbia, Equador, Paraguai e Peru.

Também participou do evento o vice-presidente sênior e gerente geral da AGCO para a América do Sul, André Carioba, que enfatizou dados de mercado e a expansão e investimentos da Massey Ferguson no Brasil.

A comissão julgadora atribuiu também a Homenagem Especial do Júri - Destaque AGCO de Jornalismo Rural Brasileiro à jornalista Patrícia Meira, setorista do jornal Correio do Povo, pela contribuição para o desenvolvimento, promoção e valorização do jornalismo rural brasileiro.

“Vocês transformam informações técnicas e específicas do meio rural em notícias inteligíveis ao público, retratando um segmento que representa 21% do PIB brasileiro e gerador de um de cada quatro três empregos no País. A nossa missão é reconhecer o trabalho árduo e a missão de vocês”, disse o diretor comercial da Massey Ferguson, Carlito Eckert, aos jornalistas presentes.

Foto: Lidney Campiol

Postagens mais visitadas