Agrifam 2014 tem início com destaque na pesquisa para a agricultura familiar

Políticos e personalidades da agricultura marcaram presença na abertura da 11ª Agrifam – Feira da Agricultura Familiar, realizada no Recinto Facilpa, em Lençóis Paulista (SP), no dia primeiro de agosto. A feira se estende até o domingo, 3 de agosto, e espera 30 mil visitantes.

A cerimônia de abertura começou às 10 da manhã e contou com diversos representantes do governo estadual e de instituições e entidades agrícolas. Nas falas dos participantes foi destacado que 2014 é o Ano Internacional da Agricultura Familiar e foram citados dados sobre a importância deste segmento no país, que representa 70% dos alimentos consumidos pelos brasileiros.

Braz Albertini, presidente da Federação dos Trabalhadores na Agricultura do Estado de São Paulo (Fetaesp), ressaltou a importância da agricultura familiar na economia brasileira. Ele discursou sobre a necessidade de aumentar a inserção de tecnologia na agricultura familiar e elogiou o trabalho das instituições de pesquisa. 

“O agricultor precisa saber das novidades, porque ele vai ter que, cada vez mais, ter mais produtividade”, disse ele ressaltando um dos diferenciais da Agrifam que é o repasse direto de conhecimento em pesquisas e novas tecnologias disponíveis para o aprimoramento da produção na agricultura.

Albertini destacou ainda que a agricultura de precisão, tema que estreia nessa edição de 2014, ainda não é muito difundida no Brasil, mas deve ganhar terreno para desenvolver cada vez mais o trabalho do produtor rural brasileiro.  O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin foi uma das personalidades presentes que também ressaltou a importância da agricultura de precisão e lembrou que o primeiro curso para tecnólogo em mecânica para a tecnologia de precisão agrícola do Brasil foi criado no interior de São Paulo.

Geraldo Alckmin citou os programas vigentes voltados para a aquisição de implementos e tratores e ainda programas como o Microbacias 2, com  o intuito de agregar valor aos produtos derivados da agricultura. A citação evidenciava a ampla participação que órgãos estaduais têm na Agrifam, como as Secretarias do Meio Ambiente e da Agricultura, com suas coordenadorias e institutos. 

Mônika Bergamaschi, Secretária da Agricultura e Abastecimento de São Paulo, salientou que a Agrifam é importante para a troca de experiência entre produtores, pesquisadores e demais envolvidos na atividade agrícola. “É um ambiente que propicia negociações”, disse. A Secretária destacou ainda a possibilidade de tirar dúvidas com especialistas presentes na Feira sobre os mais diversos temas como conservação de solos, produção de mudas, tecnologias e o Cadastro Ambiental Rural, a “carteira de identidade do imóvel rural”.

Durante a abertura a Embrapa Instrumentação fez a assinatura do contrato de repasse da tecnologia conhecida como Jardim Filtrante com a empresa Ecosys, tendo também colaba assinatura do presidente da Fetaesp como testemunha da parceria. A tecnologia complementa o sistema de saneamento básico na área rural, também composto pela Fossa Séptica Biodigestora e Clorador Embrapa.

A Agrifam continua até dia 3 apresentando tecnologia, pesquisa, produtos, serviços com entrada e estacionamento gratuitos.






Postagens mais visitadas