Secretaria da Agricultura catarinense investe em programas de inclusão digital

Para proporcionar a inclusão digital e acesso às tecnologias da informação aos agricultores e pescadores catarinenses, a Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca conta com orçamento mais de R$ 29 milhões entre 2011 e 2013. 

Mais de 12 mil famílias foram beneficiadas com os Programas de Inclusão Digital Beija-Flor, de Telefonia Fixa e Internet no Meio Rural, Kit de Informática - Jovem Rural nas Asas da Inclusão Digital e Formação de Jovens Rurais em Empreendedorismo e Inclusão Digital.  

Os programas foram apresentados para pesquisadores, educadores e alunos das áreas de computação e informática durante palestra do gerente de Tecnologia da Informação e Governança Eletrônica, Diego Ricardo Holler, no 5º Encontro de Tecnologia e Informação do Instituto Federal Catarinense (e-TIC) em Camboriú, nesta sexta-feira (23). 

Segundo o gerente Diego Ricardo Holler, a oportunidade é importante para que os alunos do Instituto Federal Catarinense possam conhecer os programas desenvolvidos pela Secretaria da Agricultura e para incentivá-los na criação de produtos e serviços destinados ao meio rural e pesqueiro. “Os programas de tecnologia da informação da Secretaria são de extrema importância para que a sociedade rural catarinense possa ter acesso aos serviços prestados pelo Governo do Estado e para que possam surgir novos serviços e soluções tecnológicas voltados à comunidade rural e pesqueira de Santa Catarina", destaca.

Há nove anos, o Programa de Inclusão Digital Beija-flor leva aos meios rural e pesqueiro telecentros equipados com computadores e acesso à internet. Instalados em locais de acesso público, os telecentros funcionam como espaços de integração comunitária, aprendizagem, crescimento pessoal e mobilização social.  

Para que as comunidades do meio rural tenham cobertura telefônica e acesso à internet, a Secretaria da Agricultura desenvolve ainda o Programa de Telefonia Fixa e Internet no Meio Rural. Por meio dessa ação, as prefeituras e a Secretaria selam parceria para implantação do Programa nos municípios.  

No último ano foi criado ainda o programa Kit de Informática - Jovem Rural nas Asas da Inclusão Digital, que proporciona aos jovens rurais financiamentos para aquisição de notebooks, computadores de mesa e/ou impressoras. 

Em três anos o projeto deverá atender 1.500 jovens, em idade entre 16 e 29 anos, com financiamentos, sendo que a Secretaria da Agricultura, via Fundo de Desenvolvimento Rural (FDR), pagará 50% do valor para operações de até R$ 3 mil. 

Os jovens beneficiados terão três anos para efetuar os pagamentos, em parcelas anuais, e com desconto de 50% para pagamentos até a data de vencimento.

Já a Formação de Jovens Rurais em Empreendedorismo e Inclusão Digital apresenta aos participantes diversos serviços do Governo Eletrônico voltados para a agricultura. A ação faz parte do Processo de Formação em Liderança, Gestão Ambiental e Empreendedorismo realizado pelo Programa SC Rural, coordenado pela Secretaria de Estado da Agricultura e da Pesca.

Fonte: Secretaria da Agricultura de Santa Catarina
Foto: Divulgação

Postagens mais visitadas