Mapa visita municípios goianos para avaliar produção de banana

Mesmo estando entre uma das regiões que mais produz banana no Brasil, Goiás ainda enfrenta problemas para consolidar o cultivo da fruta. 

Tudo porque quando a prática é feita sem o sistema de irrigação em algumas regiões específicas, a produção é cerceada por uma portaria do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) que define o zoneamento destas áreas. 

Na tentativa de resolver o impasse, uma equipe técnica formada por representantes do setor, como a Federação de Agricultura e Pecuária de Goiás (Faeg), visitou propriedades rurais nos municípios goianos de Itaquari, Itaguaru e Uruana.

A visita técnica foi necessária já que, na prática, a produção de bananas de sequeiro em algumas regiões de Goiás existe há muito tempo e vem se desenvolvendo relativamente bem. O que impede a consolidação da prática é a dificuldade encontrada pelos produtores de conseguirem liberação de crédito custeio junto às entidades financeiras e ao Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf), devido a restrição resultante da portaria do Mapa.

A cultura da banana ocupa a primeira posição em área de produção de frutas em Goiás com aproximadamente 10 mil hectares plantados. Em 2013, foram 11.745 hectares de área plantada, que corresponde a 37,14% da produção de fruticultura no estado.
A Faeg objetiva dar suporte aos produtores, em sua maioria de pequeno porte, que geram desenvolvimento e renda aos municípios. Na ocasião, o órgão será representado pelo assessor técnico para a área de fruticultura, Alexandro Alves.

Fruticultura
Segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), com um Valor Bruto da Produção alcançando a ordem dos R$ 94 milhões no ano, Goiás também o maior número de produtores no seguimento de fruticultura, praticamente todos familiares, chegando a mais de dois mil no total.

Fonte: De olho no campo com informações da Faeg
Foto: Jana Tomazelli

Postagens mais visitadas